Lembrando, que tem promoção da semana na Yes Retrô com um produto clássico entre nós amantes do vintage/ retrô, a Bandana. Não percam tempo, e aproveitem essa super promoção.








Saiba mais:

Loja l Facebook

Em fevereiro desse ano comecei uma saga capilar, com diversas vitaminas para o cabelo e acreditando fielmente no crescimento do cabelo. Enfim, iniciei o projeto com o cabelo super curto, no corte chanel na altura do queixo. E como sempre digo, eu passei minha vida toda com cabelo enorme, porém dei uma de louca e quis usar chanel e permaneci durante os anos de 2012, 2013 com ele curto, e na minha opinião é super chique (risos). Mas resolvi voltar ao cabelão, não por padrões brasileiros e sim por sentir falta do cabelão.

O inicio da saga você encontra AQUI e a parte 2 AQUI. Lá falo todos os produtos que iniciei e que estão dando muito resultado. Mas hoje venho somente para compartilhar mesmo o andamento, e em como está dando resultados satisfatórios, porque o brilho é sem igual.


Iniciei o projeto com ele bem curto (exatamente na altura do maxilar), na primeira foto do início eu já tinha 1 mês de saga capilar, o crescimento foi bem rápido, impulsionou o crescimento natural do cabelo. O brilho foi muito visível. com 3-4 meses depois, o cabelo já se encontrava no ombro. O único problema que encontrei nessa saga é que todo o tratamento deixa o cabelo super oleoso. Então, quem tem o cabelo extremamente oleoso talvez não seja aconselhável fazer o tratamento com óleos vegetais e a vitamina em cápsula. O meu cabelo tende a ser oleoso na raiz por ser liso, e nas pontas ele é bem seco por ser enrolado, caracterizando-o em cabelo misto. Mesmo assim, arrisquei em fazer o tratamento com tudo que tinha direito, ignorando todo o trabalhão que iria ter e visando o crescimento e hidratação do fio.

Para quem tem o costume de fazer chapinha e escova para deixá-lo liso ou domado, aviso de antemão que o cabelo não fica limpo por nem 2 dias, então o trabalho será redobrado com escova e afins. Digo isso, pois sei que muitas mulheres tem o costume de deixar o cabelo sem lavar por uns 3 dias. 



Atualmente, meu cabelo está na altura do seio. Ainda não cheguei na minha meta que abaixo do seio uns dedos. Mas, outro ponto que gostaria de ressaltar é que desde setembro dei um tempo com todas as vitaminas, seja óleos ou em cápsula pois pode acontecer HIPERVITAMINOSE nos fios, que é excesso de vitamina, e que também não é legal, pois acontece uma série de sintomas nada agradáveis. Então, muito cuidado nos exageros também. Ficarei de setembro a janeiro sem usar qualquer tipo de vitimina forte, só me rendo aos cremes hidratantes. E em janeiro retorno. E venho aqui contar pra vocês, qual o resultado e se consegui chegar na minha meta.




Qualquer dúvida sobre o processo, estou a disposição.

O verão está chegando, e para alegria de muitos que são apaixonados por essa estação - disse muitos, mas não me inclui - pois é, eu tenho uma certa aflição do alto verão. Adoro ficar a vontade, pegando a brisa do mar, na areia, no sol. Mas compartilho da opinião de que o alto verão estraga a praia (risos). Sou completamente apaixonada por praia, e amo tudo que envolve esse mundo praiano, desde a música até tatuagens old school originada dos primeiros marinheiros ocidentais, e que é o estilo de todas as minhas tatuagens. Mas calor? Calor de quase 40º graus? nada disso me agrada. Mas tem que gosta não é? Eu particularmente amo a praia na primavera, é mais fresco, e o risco de morrer torrada ou passar mal mesmo na sombra, é mínimo. Mas ele está chegando e não tem como evitar; a não ser que você, que assim como eu odeia o alto verão, tenha dinheiro e tempo para ir para a Europa, fugindo sempre do mormaço e calor extremo do Brasil.

E mesmo eu não possuindo muita simpatia por essa estação, eu vou aproveitar meu lugar predileto: a praia. E falando sobre o alto verão essa semana, eu sofri bullyng por achar incrível os biquínis, maiôs retrô. Daí vocês pensam: "me conte uma novidade Nicole". Sei que é mais que um vicio o universo retrô na minha vida, e sempre digo que nas épocas passadas existia uma certa consciência com modelagem das roupas e era priorizado a sensualidade com cautela e não explícita como é hoje em dia. Quero que vocês assim como eu, se encantem com a modelagem desse biquínis antigos e que são sim fabricados na atualidade, pois existem marcas especializadas nessas peças.

É incrível como o corpo fica certinho e delineado, justamente pelo formato que deixa a cinturinha no lugar. Mas sei que muitas de vocês pensam que é cafona, brega, fora de moda, ou até mesmo tem vergonha de usá-los. Pois eu afirmo, que ter medo de usar uma peça do vestuário que tem vontade, é ser vítima da moda fútil e de padrões. Não quero dizer que a modelagem seja a mais linda, mas digo que se você ama o estilo vintage/retrô e morre de medo de usar um biquíni ou maiôs como esses, não sinta MULHER, seja você, independente das consequências use o que gosta, o que tem como padrão para você. Combinado? Olha só essas inspirações para esse verão da década mais linda de todas, década de 50.


Um exemplo atual bem popular, é a Taylor Swift que usa e abusa dos biquínis e maiôs com referência antiga, são peças bem retrô, com direito a estampas que remete as pin ups. Confira:

Fotos: Reprodução.


Carregando...

Seguidores

Instagram

Parceiros

Publicidade